NO AR
Programa: Coração Sertanejo
Locutor: Wender Nogueira

Resultado do Sisu 2019 será divulgado nesta segunda Sistema seleciona candidatos para vagas em universidades públicas. Alunos que não forem aprovados podem se inscrever em lista de espera.

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foram encerradas às 23h59 deste domingo (27), conforme previsto no edital. As listas de aprovados em primeira chamada nas universidades públicas participantes devem sair nesta segunda (28) no site http://sisu.mec.gov.br/.
Aqueles que forem selecionados devem verificar, junto à universidade em que foram aprovados, qual o local, o horário e os documentos necessários para a matrícula — que irá ocorrer de 30 de janeiro a 4 de fevereiro.
Neste primeiro semestre, serão oferecidas 235.461 vagas em 129 instituições de todo o país.

Veja o calendário das próximas etapas do Sisu:

1ª chamada: 28 de janeiro
Matrículas da 1ª chamada: 30 de janeiro a 4 de fevereiro
Inscrição na lista de espera: 28 de janeiro a 4 de fevereiro
Convocações de outras chamadas: a partir de 7 de fevereiro
 
Mudanças na lista de espera
 
Os alunos que não foram convocados na primeira lista podem se inscrever na lista de espera, entre os dias 28 de janeiro e 4 de fevereiro. Mas, atenção: as regras de inscrição na lista de espera deste ano mudaram.
Até 2018, o candidato a uma vaga no ensino superior poderia escolher duas opções de curso e desistir da segunda opção para ficar na lista de espera da primeira.

Agora, haverá uma chamada regular e o estudante selecionado em uma das duas opções de curso desta chamada não poderá participar da lista de espera. Se ele não for selecionado, poderá ficar na lista de espera de apenas uma das suas opções de curso. As convocações de outras chamadas estão previstas para ocorrer a partir de 7 de fevereiro.

Segundo o MEC, a mudança na lista de espera é para permitir "maior liberdade de escolha para os estudantes não selecionados na chamada regular dos processos seletivos do Sisu."

A expectativa é que se reduza o tempo de convocação das listas de espera e que todos os estudantes estejam matriculados antes do período letivo. De acordo com a pasta, as mudanças poderão ajudar a diminuir a ociosidade das vagas.

Fonte: G1

Buscas por sobreviventes seguem pelo 4º dia em Brumadinho, MG

130 militares de Israel chegaram a MG na noite de domingo (27), e darão apoio aos bombeiros brasileiros. Até agora, 58 mortes foram confirmadas e há 305 desaparecidos.

As buscas por vítimas e sobreviventes do rompimento de uma barragem da mineradora Vale foram retomadas na manhã desta segunda-feira (28) em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. Até agora, 58 mortes e 305 desaparecidos foram confirmados pelas autoridades.

Neste quarto dia de buscas, 130 militares de Israel vão reforçar os trabalhos de resgate. A barragem de rejeitos se rompeu na sexta-feira (25) e ficava na mina de Córrego do Fundão. A lama varreu a comunidade local e parte do centro administrativo da empresa. Entre as vítimas estão moradores locais e funcionários da Vale.

O número de mortos deve aumentar, segundo o tenente coronel Flávio Godinho, da Defesa Civil de Minas Gerais. Em entrevista, ele afirmou que há corpos dentro de um segundo ônibus soterrado perto do centro administrativo da Vale em Brumadinho. A quantidade de vítimas dentro do veículo, no entanto, não foi confirmada.

Por causa da localização do ônibus soterrado, as autoridades haviam decidido não suspender as buscas durante a madrugada. No entanto, o alto volume de lama impediu que os trabalhos continuassem. As buscas foram interrompidas na noite de domingo e foram retomadas por volta das 4h desta segunda-feira (28).

Também na noite de domingo um avião com cerca de 130 militares e 16 toneladas de equipamentos enviados por Israel chegou ao aeroporto de Confins. A tropa vai ajudar nas buscas por vítimas. Os israelenses passaram a viagem planejando os trabalhos. No aeroporto em Confins, os estrangeiros se reuniram com equipes que comandam os resgates em Brumadinho.

O que se sabe até agora:

Dos 58 mortos confirmados, 19 foram identificados 
192 sobreviventes foram resgatados;
Entre as 305 pessoas desaparecidas, há moradores locais e funcionários da Vale. No sábado, a mineradora divulgou uma lista com nomes de pessoas que não foram encontradas 
Familiares de desaparecidos buscaram informações no IML de BH. Uma força-tarefa foi formada, mas a identificação dos corpos é difícil;
Bombeiros divulgaram lista de 183 nomes de pessoas que foram achadas vivas 
A Vale já teve três bloqueios de recursos, de R$ 1 bilhão, e dois de R$ 5 bilhões  e recebeu multas no total de R$ 350 milhões;
A Vale suspendeu bônus a executivos da empresa e pagamento de lucros a acionistas e criou 2 comitês para acompanhar a tragédia 
As Polícias Federal e Civil abriram inquéritos sobre o rompimento
O presidente Jair Bolsonaro, ministros, o governador Romeu Zema e a procuradora-geral da República, Raquel Dodge sobrevoaram a área e prometeram ações de investigação, punição e prevenção;
A ONU emitiu nota de pesar e ofereceu ajuda nos esforços de busca;
O Instituto Inhotim, que fica em Brumadinho, ficará fechado até dia 31

.

Fonte: G1

Taxista de Indaial é condenado por matar ex-companheira em Herval d´Oeste.

O taxista Nestor da Silva, popular Gaiteiro, foi condenado nesta quinta-feira (13) a 11 anos, um mês e 10 dias de prisão, em regime inicial fechado, pela morte de Lucineia Aparecida Oliveira. O corpo da vítima, que estava desaparecida, foi encontrado no dia 8 de maio em uma ribanceira na Rua Itororó, próximo a subestação da Celesc, no bairro Nossa Senhora Aparecida, em Herval d´Oeste.

O Conselho de Sentença, por maioria dos votos, reconheceu a autoria do crime com a qualificadora de meio cruel (morte por asfixia) e negou absolvição do réu. No entanto, os jurados excluíram a qualificadora de feminicídio e acolheram a tese da defesa de homicídio privilegiado, por ter Nestor agido diante de provocação da vítima, o que reduziu a pena em um terço, inicialmente estabelecida em 18 anos de reclusão. Nestor da Silva foi condenado por homicídio qualificado privilegiado e por ocultação de cadáver. O magistrado negou ao réu o direito de recorrer em liberdade.

A promotora de justiça Luisa Zuardi Niencheski, ficou satisfeita com a condenação, mas adiantou que irá recorrer do resultado para que seja aceita a qualificadora de feminicídio. “Entendemos que está plenamente verificada nos autos, e o feminicío é um crime que a sociedade tem que reprimir”, declarou.
O crime

Após o desaparecimento de Lucineia Aparecida Oliveira, a Polícia Civil iniciou as investigações que apontaram que ela havia sido morta em uma residência no bairro Vila Rica. O taxista foi localizado pelos policiais em um assentamento no interior de Abelardo Luz. Ele confessou o crime e mostrou onde havia escondido o corpo. Nestor alegou que estava sendo perturbado pela ex-companheira, e que em um momento de fúria acabou esganando a mulher.

Conforme levantamento policial, Lucineia foi atingida com um soco e, em seguida esganada. O corpo foi deixado debaixo de uma cama até o autor encontrar um local para escondê-lo.

Fonte: Judson Lima

Indaial já conta com UniBox Atacarejo

Nesta quinta-feira (18) a partir das 8h30min a população do Médio Vale do Itajaí ganha a mais nova opção de compra com qualidade e preço baixo, pois inaugura no km 69 da BR 470 no bairro Carijós em Indaial o UniBox Atacarejo.

A rede de supermercado que tem como lema “Aqui Você Economiza Sempre” traz a proposta de atacado e supermercado em um só lugar com vendas no segmento de açougue, padaria, hortifruti, etc.

Em Indaial a estrutura tem espaço com ampla acessibilidade com mais de 160 vagas na área do estacionamento, mais de 70 colaboradores e investimento inicial na ordem de mais de R$ 5,5 milhões.

“Modernizamos-nos, buscando sempre ter qualidade e bom preço para atender nossos clientes, sempre primando pela linha do comercio familiar, assim como no inicio de nossa história no comercio na década de 60 em Laurentino”, diz Ademar Antônio Nardelli sócio da empresa.

O modelo no ramo supermercadista e atacadista foi adotado desde 1986 com o UniBox Dinardelli nascida da Dinardelli Comércio e Distribuição Ltda.

Em 1986 inaugurou a sua primeira loja em Rio do Sul.
Em 02 de Julho de 2013 inaugurou em sede própria um Atacarejo com a bandeira UniBox Dinardelli que é um modelo de supermercado que também vende por atacado.

Em 1987 inaugurou o UniBox Atacadista em Blumenau, que atende o Alto e médio vale com venda em auto serviço.

Em 1998 inaugurou o supermercado em Blumenau no Bairro da Velha. A partir de 2015 começou a atender no formato de Atacarejo no mesmo local.

E nesta quinta-feira será a vez de Indaial receber o UniBox Atacarejo com vendas no Atacado e Varejo.

Judson Lima/Ponte FM
Foto: Judson Lima

Ao Vivo

Trânsito Agora

Tempo